sábado, 5 de março de 2011

Adeus Galliano


O caso de John Galliano será julgado no segundo semestre do ano. Se for condenado por racismo, o estilista - a princípio suspenso, e em seguida demitido pela Dior - pode ser sentenciado a até seis meses de prisão e a pagar uma multa de 22.500 euros (31.000 dólares).

Todos fazem comentários racistas (mesmo não o notando, seja de que raça for, seja de que religião for)... mas nem todos são Galliano...

Aquele que põe gordos e anões (e eu não queria dizer GORDOS e ANÕES mas eram gordos e anões!) nos seus desfiles e mostra que todos podemos vestir a sua roupa e que todos somos belos de alguma maneira ou de outra!

"Eu tenho lutado toda a vida contra o preconceito, intolerância e discriminação. Em todo o meu trabalho, a minha inspiração foi unir as pessoas de todas as raças, credos, religiões e sexualidades, celebrando a sua diversidade cultural e étnica através da moda. Isso continua a ser a luz que me guia.

Anti-semitismo e racismo não têm lugar na nossa sociedade. Sem qualquer reserva peço desculpa se ofendi alguém com o meu comportamento." - John Galliano


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Follow this blog with bloglovin

Follow mm